Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Notícias > Codel e Itaipu iniciam atividades de incubadora em Londrina
Início do conteúdo da página

Codel e Itaipu iniciam atividades de incubadora em Londrina

  • Publicado: Segunda, 01 de Abril de 2019, 14h11
  • Acessos: 160

 

55692796 2314440581911313 8025068168336637952 n

 

Para estimular o desenvolvimento de startups de inovação e tecnologia em Londrina e região, a partir de amanhã começará a funcionar a Incubadora “Santos Dumont” da Fundação Parque Tecnológico Itaipu (FPTI). Para celebrar o Protocolo de Intenções e o início dos trabalhos em Londrina será realizada uma solenidade nesta quarta-feira (27), às 18h, na sede da Sercomtel, Rua Professor João Cândido, 555, no centro.

Com a parceria, o Município pretende trabalhar em conjunto com a FPTI para ajudar a fomentar empresas de base tecnológica em Londrina, tornando possível o estímulo e o desenvolvimento de soluções e a atração de novos negócios. Isso será feito por meio de reconhecimento da realidade municipal e do diagnóstico das oportunidades de inovação e desenvolvimento de programas e projetos.

Com a ajuda da incubadora da FPTI, a intenção é transformar ideias em produtos e negócios, gerando emprego e renda na cidade de Londrina. Para isso, será utilizada a metodologia eleita a melhor do Paraná e  os profissionais da incubadora darão todo o apoio em serviços, consultorias e assessoria para o desenvolvimento dessas empresas.

Por isso, inicialmente a incubadora será alocada na sede da Sercomtel, que é a única empresa de telecomunicações pública do Brasil, operando em telefonia fixa e celular, GSM e 3G, banda larga, internet rápida e de alta velocidade e em chamadas de longa distância. “Considerando que a Sercomtel é a única operadora pública de telefonia do Brasil e é voltada à busca de inovações e implementações tecnológicas, investir em startups com foco no desenvolvimento de inteligência e inovação traz muitos benefícios. Além disso, a Itaipu é uma empresa de reconhecimento nacional e internacional na busca de soluções inovadoras. São dois ativos que juntos vão gerar mais energia para todos”, explicou a diretora de Ciência e Tecnologia do órgão, Renata Passi.

Edital – Para colocar todo o know how em prática será lançado um edital de chamamento para as startups interessadas em participar da incubadora. O anúncio será feito logo após o coquetel, durante o evento. Haverá também uma visita guiada para os jornalistas e participantes da solenidade.

Londrina é a primeira grande cidade a receber uma incubadora da FPTI fora da região oeste do Paraná. A parceria foi possível através de um Acordo de Cooperação assinado pelo prefeito Marcelo Belinati e o diretor-geral da ITAIPU, Marcos Vitório Stamm, juntamente com o diretor-superintendente da Fundação Parque Tecnológico Itaipu (FPTI), Jorge Augusto Callado Afonso, e o presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (CODEL), Bruno Ubiratan, em 17 de dezembro de 2018.

Para a imprensa: outras informações podem ser obtidas com o presidente da Codel, Bruno Ubiratan, pelo 3379-2300, com a diretora de Ciência e Tecnologia do órgão, Renata Passi e com o gerente do Programa de Desenvolvimento de Negócios do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Pedro José Sella. O telefone dos dois está disponível no Núcleo de Comunicação da Prefeitura de Londrina, pelo 3372-4188.

Texto: Ana Paula Hedler

registrado em:
Fim do conteúdo da página