Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Notícias > Investimento de R$ 40 milhões traz nova indústria multinacional para Londrina
Início do conteúdo da página

Investimento de R$ 40 milhões traz nova indústria multinacional para Londrina

  • Publicado: Segunda, 20 de Setembro de 2021, 09h02
  • Acessos: 109
imagem sem descrição.

O crescimento do setor do agronegócio, somado à inovação, pesou na escolha da empresa pela cidade

 

Foi anunciada hoje (17), no gabinete do prefeito Marcelo Belinati, a construção em Londrina da maior unidade brasileira da Rizobacter. A empresa faz parte do grupo argentino Bioceres Crop Solutions, provedor global de soluções para a agricultura, listado na NASDAQ (mercado de ações eletrônico). A planta da fábrica será construída na rodovia PR 445, saída para Curitiba, em um terreno próprio de 65.241 m² e irá empregar até 130 pessoas. Em Londrina, serão produzidos inoculantes de leguminosas como a soja e produtos de biocontrole, foco principal da Rizobacter, uma das cinco maiores empresas do mundo na área.

 

Rizobacter projeto div 2O prefeito Marcelo Belinati deu boas-vindas oficiais aos diretores da empresa. “Londrina está comprovando a cada dia sua vocação para a inovação e tecnologia. É fantástico. Uma multinacional que se soma a varias outras empresas que decidiram vir para Londrina e trazem centenas de novos empregos”, afirmou. Os postos de trabalho que serão gerados durante a construção da fábrica também foram comemorados. A Construtora Yoshi será a responsável pelas obras que incluem galpão de produção, dois laboratórios de biotecnologia, escritórios administrativos e refeitório.

 

reuniao rizobacter VH 3

O presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), Bruno Ubiratan, acompanhou o processo de decisão do Grupo Bioceres de vir para a cidade, que durou quase três anos. O início da empreitada começará imediatamente e o prazo para conclusão da fábrica é de 14 meses.

 

Para Bruno Ubiratan, cada vez que a cidade atrai uma grande indústria como a Rizobacter, outra empresas de fora tendem a se instalar aqui. “Temos hoje um ambiente de negócios sadio, que prima pela transparência e pela agilidade em receber investidores com a resposta para o que eles mais precisam – excelente localização geográfica, mão de obra qualificada, presença de universidades e um instituto de pesquisa como a Embrapa e qualidade de vida inigualável”, enumerou Bruno.

 

reuniao rizobacter VH 1

O grupo Bioceres Crop Solutions, possui filiais e subsidiárias no Uruguai, Paraguai, Bolívia, Colômbia, Estados Unidos, Canadá, México, África do Sul, Índia e Ucrânia, e está presente há 23 anos no Brasil. A Rizobacter fabrica produtos complementares de biotecnologia como inoculantes, adjuvantes, biofertilizantes e produtos de biocontrole.

 

O diretor da Rizobacter, Nilton Elteto, lembrou que a região Norte do Paraná abriga outras fábricas e cooperativas que são parceiras comerciais ou de produção. Outro fator que contou a favor de Londrina como nova sede brasileira da empresa, que já está no país há 23 anos.

 

Acompanharam o anúncio de instalação da empresa Rizobacter em Londrina, o vice-prefeito, João Mendonça; os secretários municipais de Governo, Alex Canziani; de Obras e Pavimentação, João Verçosa; do Trabalho, Emprego e Renda, Gustavo Santos; o presidente do IPPUL, Tadeu Felismino; além do presidente da Câmara, Jairo Tamura; dos vereadores Ailton Nantes e Matheus Thum.

 

 

Texto Carla Sehn

registrado em:
Fim do conteúdo da página