Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Notícias > Alô Atendimento irá gerar 250 novos postos de trabalho em Londrina
Início do conteúdo da página

Alô Atendimento irá gerar 250 novos postos de trabalho em Londrina

  • Publicado: Terça, 13 de Abril de 2021, 11h25
  • Acessos: 313
imagem sem descrição.

Empresa de tecnologia Alô Atendimento instala-se em Londrina, com promessa de grande expansão nos próximos anos

 

Será aberta em Londrina uma filial da Alô Atendimento, empresa gaúcha especializada em tecnologia e serviços ao consumidor, que atua no mercado há 12 anos com expertise em operações comerciais e para a administração pública. Com sede em Porto Alegre, conta com unidades em São Paulo, Dourados e Salvador.

 

Alo Atendimentos anuncia 250 empregos ED 3O comunicado oficial da empresa foi feito nesta tarde no gabinete do prefeito Marcelo Belinati. “Londrina está com saldo positivo de empregos desde o início do ano. Foram três mil postos de trabalho preenchidos a mais do que os demitidos, o que representa o esforço do setor produtivo e também do poder público, no sentido de criar um ambiente propício para negócios, apesar de tantas perdas com a pandemia”, declarou o prefeito. Ele anunciou que o investimento será de R$ 2 milhões.

 

Alo Atendimentos anuncia 250 empregos ED 9

A Alô Atendimentos foca em soluções inteligentes e tecnológicas, funcionando como parceira estratégica dos clientes. “Buscamos resolver o dia a dia dos clientes. A inovação e a tecnologia andam muito rápido e nosso maior desafio é acompanhar esse movimento. Estamos falando em inteligência artificial e soluções digitais, ou seja, uma gama enorme de soluções para o mercado”, explicou a executiva sênior Luiza Campos.

De imediato a empresa contratará 250 profissionais ligados à área de atendimento ao consumidor, supervisores e gerência, além de profissionais de tecnologia, recursos humanos, inovação, inteligência artificial , inteligência analítica , segurança e limpeza.

A unidade de Londrina representará um polo regional pela localização estratégica, oferta de mão de obra especializada e foco no desenvolvimento. A executiva Luiza Campos informou que a escolha de Londrina também foi motivada pela receptividade da prefeitura, por meio da CODEL – Instituto de Desenvolvimento de Londrina, que, desde o primeiro contato, abrigou os primeiros contatos, prestou auxílio na formação de networking, e, via Secretaria Municipal do Trabalho, disponibilizou a infraestrutura e insumos do SINE da cidade, para apoio na contratação da mão de obra.

Alo Atendimentos anuncia 250 empregos ED 6

O presidente da Codel, Instituto de Desenvolvimento de Londrina, Bruno Ubiratan comemorou o fato de que a empresa, que já atende a Copel Energia Elétrica, tenha planos de expandir atividades e projetos. “Londrina tem se tornado uma opção vantajosa para as empresas que querem rápido acesso às informações sobre a cidade e agilidade no encaminhamento de questões formais, com total transparência”, afirmou.

“Nossa intenção é criar raízes em Londrina, trazendo novos projetos para seguir fomentando empregos. Somos uma empresa que visa prestar um atendimento humanizado a todos que buscam atendimento aos órgãos que representamos, com foco na qualidade e acolhimento em cada ligação atendida. Temos como foco oportunizar oportunidades para primeiro emprego, bem como para a terceira idade, visando a inclusão, igualdade, tendo como base o respeito em todas as relações de trabalho”, define a coordenadora Luiza.

O secretário do Trabalho, Emprego e Renda, Gustavo Santos, destacou o envolvimento das diferentes secretarias municipais no processo de atração da empresa. “A forma como a empresa Alô foi acolhida pelo município foi um grande diferencial. Queremos que Londrina se configure como referência em receptividade a negócios no estado,” disse.

O novo espaço ficará instalado em 2 mil e 700 m² na avenida Luigi Amorese, Jardim Leonor, com investimento inicial de 2 milhões de reais.  Participaram do anúncio da nova empresa, os vereadores Jairo Tamura e Ailton Nantes.

 

Texto n.comlondrina

registrado em:
Fim do conteúdo da página