Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Notícias > Sala Digital do Empreendedor dá acesso a diferentes serviços
Início do conteúdo da página

Sala Digital do Empreendedor dá acesso a diferentes serviços

  • Publicado: Terça, 25 de Agosto de 2020, 10h08
  • Acessos: 66
imagem sem descrição.

Trata-se de mais uma opção on-line criada para facilitar a vida do público em Londrina; vários serviços podem ser acessados sem sair de casa

 

De forma fácil, rápida e segura, os micro e pequenos empreendedores locais hoje podem ter acesso e realizar uma série de serviços, via internet, pela área virtual da Sala do Empreendedor de Londrina. Dentre os diferentes canais e ferramentas on-line que vem sendo implantados pelo Município, com foco neste público, o mais recente é a Sala Digital do Empreendedor. Com acesso pelo portal da Prefeitura, no endereço www.londrina.pr.gov.br/sala-empreendedor, os usuários agora conseguem, sem sair de casa, atualizar dados, imprimir boletos e certificados, emitir comprovantes, verificar situação de débitos, fazer a Declaração Anual do Simples Nacional (DASN) e solicitar notas fiscais.

 

Sala digital empreend reprod 1A 1

Ainda é possível saber como formalizar o MEI, conhecer legislação e manuais, verificar perguntas e respostas, além de vários conteúdos informativos e de orientação. Uma das grandes vantagens é que o portal disponibiliza todos os serviços em uma só página, de maneira didática e organizada, com layout limpo, redirecionando os internautas para os endereços diretos de cada uma das demandas específicas, junto aos órgãos responsáveis por elas. O funcionamento teve início há cerca de dois meses e o sistema passará por constante manutenção.

 

A iniciativa foi articulada pelo Comitê Gestor Municipal da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas, formado pelo Instituto de Desenvolvimento de Londrina (CODEL), Sebrae/PR, Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL), SESCAP-LDR, Secretaria Municipal de Fazenda, APL de TI e OAB Londrina. Para colocar o projeto em prática, foi realizado um levantamento das principais demandas envolvendo os MEIs da cidade e, assim, o grupo buscou uma forma de proporcionar ainda mais facilidades a este público. A Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI), da Secretaria Municipal de Planejamento, desenvolveu todo o projeto digital e fez a construção da página.

 

Segundo Lilian Lucy dos Santos, diretora administrativo-financeira da CODEL, órgão responsável pela gestão da Sala do Empreendedor, o projeto da Sala Digital já vinha sendo elaborado antes mesmo da pandemia do novo coronavírus, sendo que o momento atual acelerou este processo. “Como já é tendência em quase todos os segmentos, a Sala Digital também veio para facilitar o acesso aos empreendedores de Londrina. Antes disso, em janeiro, já havia sido criado o agendamento on-line para MEIs. Com as restrições causadas pela questão da Covid-19, os atendimentos presenciais precisaram sofrer redução e os canais da internet estão ajudando muito. Hoje, quase tudo que é oferecido na Sala do Empreendedor agora também é possível fazer pela internet, apontou.

 

Ainda de acordo com a diretora, todos os serviços feitos pela internet ajudarão a melhorar o fluxo de atendimento presencial na Sala do Empreendedor, no período pós-pandemia. “Além de facilitar a vida da população, a intenção é reduzir as filas existentes na Sala, aprimorando os atendimentos”, completou.

 

Já a gerente da Sala do Empreendedor, Marilza Faria Cardozo, enfatizou que a Prefeitura conta hoje com canais completos e eficazes para atendimento aos empreendedores. Ela lembrou que, no período de pandemia, todos os atendimentos presenciais da Sala ocorrem por meio do Agendamento Eletrônico. Em janeiro de 2020, a Prefeitura já havia lançado o sistema inédito de agendamento on-line da Sala do Empreendedor. Por meio dele, é possível agendar horários para solicitação de Alvará de Licença, alteração de CNPJ, baixa de empresa e solicitação para emissão de Nota Fiscal.

 

“A maior parte dos serviços oferecidos já estão disponíveis pela internet, mas, por diferentes motivos, muita gente sem acesso ou com dificuldades precisam do atendimento no local e nossa equipe está pronta para prestar todos os atendimentos. Além disso, a formalização de MEI, emissão de alguns alvarás e outros serviços devem ser feitos apenas presencialmente, além das palestras obrigatórias, agora suspensas, que realizamos para orientar os interessados em abrir seu negócio”, acrescentou.

 

Para a imprensa: outras informações podem ser obtidas com a diretora administrativo-financeira da CODEL, Lilian Lucy dos Santos, pelo telefone 3379-2306; e com a gerente da Sala do Empreendedor, Marilza Faria Cardozo, pelo telefone 3372-4108

 

 

Texto Renan Oliveira

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página