Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas notícias > Sala do Empreendedor é reaberta na Prefeitura
Início do conteúdo da página

Sala do Empreendedor é reaberta na Prefeitura

Nova estrutura e atendimento ampliado permitirá que o serviço atenda melhor os empreendedores individuais do município

  • Publicado: Segunda, 08 de Junho de 2015, 08h19
  • Acessos: 761
Foto de autoridades no evento
Foto de autoridades no evento

Nesta segunda-feira (8), após a ampliação e readequação do espaço,  a Sala do Empreendedor e do Contador voltou a funcionar renovada para atender os cidadãos que pretendem abrir seu próprio negócio em Londrina. O prefeito Alexandre Kireeff esteve presente na cerimônia de reabertura, na manhã de hoje (8), em frente ao local, que fica no saguão principal da prefeitura, ao lado da Secretaria Municipal do Idoso. Em Londrina, em torno de 2 a 3 mil Microempreendedores Individuais (MEIs) são formalizados a cada ano na cidade.

Após a reestruturação, a nova Sala do Empreendedor agora poderá atender um número maior de pessoas que buscam se tornar empreendedores individuais e formalizar seu negócio. Outra novidade é a parceria com a agência Fomento Paraná, que organizará orientações e vai oferecer opções e facilidades de acesso a crédito aos pequenos empresários cadastrados. Também serão realizados cursos sobre gestão e negócios promovidos em parceria com o Sebrae Londrina.

Além das melhorias e adequações realizadas no espaço físico, o horário de atendimento do serviço deverá ser estendido. Inicialmente o horário de funcionamento continua sendo o mesmo, de segunda a sexta-feira, das 12h às 18 horas, em breve o local passará a funcionar das 9 às 18 horas, com funcionários capacitados para auxiliar o público, oferecendo informações de forma mais ágil e organizada.

Foto do evento
Foto do evento

Durante a solenidade, o prefeito de Londrina Alexandre Kireeff, destacou que em Londrina há 13.397 microempreendedores individuais, dos quais aproximadamente 12 mil passaram pela Sala do Empreendedor. Para ele, através de uma oportunidade, as pessoas são capazes de criar, empreender e superar as dificuldades econômicas de qualquer natureza. “Por isso precisamos de diversas entidades unificadas junto ao poder público em torno da meta que é facilitar o MEI, o empreendedorismo e a criação de oportunidades”, disse.

A sala facilita para que o microempreendedor encontre todas as informações necessárias para abrir o seu próprio negócio ou regularizar a sua atividade econômica e até ampliar.

O prefeito ressaltou também, que, ampliando-se as oportunidades ao empreendedor londrinense, aumenta-se também o desenvolvimento e a prosperidade da cidade, e, por consequência, a qualidade de vida dos cidadãos. “A sala facilita para que o microempreendedor encontre todas as informações necessárias para abrir o seu próprio negócio ou regularizar a sua atividade econômica e até ampliar”, disse.

O diretor de Ciência e Tecnologia da Codel, Pedro Sella explicou que a Sala do Empreendedor irá contar com mais funcionários trabalhando e mais postos de atendimento ao público. Para isso, ela foi toda modernizada com equipamentos e mobiliário novos. “A intenção é alcançar, em breve, uma média de 60 atendimentos por dia”, disse. Ele destacou, também, que a formalização do microempreendedores traz dignidade a este trabalhador, além de empregos, estabilidade e arrecadação para a prefeitura.

O diretor de Mercado e Relações Institucionais da Agência Fomento Paraná, Luiz Hauly, informou que, dentro de alguns dias, a Sala do Empreendedor irá contar com um agente de crédito exclusivo para disponibilizar as linhas de crédito da Fomento Paraná, que pode financiar qualquer empreendedor, desde a área de serviço até a indústria.

Foto do evento
Foto do evento

Nova estrutura - A área útil da Sala do Empreendedor passou de 21 para 81 metros quadrados. O local agora terá sete guichês de atendimento para abertura de empresas; sala de espera com 12 lugares; sala de treinamento com 12 lugares; um guichê da Fomento Paraná (para linhas de crédito subsidiadas ao pequeno empresário); e  dois guichês para atendimento contábil por profissionais do Sescap e do Sincolon. A sala vai ganhar ainda 10 terminais de computadores, 10 pontos telefônicos, painel eletrônico de senhas e ar condicionado. O projeto arquitetônico foi realizado pelo Sebrae Londrina. O investimento total foi de R$ 47 mil, valor custeado pelas instituições mantenedoras.

A implantação do projeto da Sala do Empreendedor é uma parceria entre a Prefeitura de Londrina, Codel, Sebrae, Sindicato das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações, Pesquisas e de Serviços Contábeis de Londrina e Região (Sescap), Sindicato dos Contabilistas de Londrina (Sincolon), Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL) e Conselho Regional de Contabilidade (CRC).

Também estiveram presentes na solenidade de reabertura, o presidente da ACIL, Valter Orsi; o gerente regional do Sebrae, Heverson Feliciano; o gerente regional do Sincolon, Geraldo Sapateiro, o presidente do Sescap Londrina e região, Jaime Junior Silva Cardozo, o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Londrina (Sincoval), Roberto Martins, os vereadores Tio Douglas, Gaúcho Tamarrado e Gérson Araújo, secretários municipais e outros funcionários da prefeitura.

 

Fotos: Luiz Jacobs

registrado em:
Fim do conteúdo da página